Buscar
  • por Dra. Teresa

Células-tronco na Odontologia


Lendo uma matéria do jornal O Globo, que saiu na sexta-feira agora, dia 16 de fevereiro de 2018, achei importante divulgar que na Odontologia existem também fontes doadoras de células-tronco.

Clique no link abaixo e acesse a matéria completa

https://oglobo.globo.com/sociedade/saude/vacina-de-celulas-tronco-consegue-barrar-desenvolvimento-de-canceres-22402463

A maioria de nós já sabe que a fonte mais usada para adquirir células-tronco é o cordão umbilical. Recentemente, em 2013, o Centro de Criogenia do Brasil se tornou um Centro de Tecnologia Celular e foi autorizado a manipular células e tecidos de várias fontes.

Na cavidade oral temos 2 sítios excelentes para coleta de células-tronco: o dente siso e os dentes de leite. A dentição decídua (de leite) começa o seu período de troca por volta dos 5 anos e se estende até os 12 anos.

Células-tronco na Odontologia

Dentro desses dentes existe um tecido saudável chamado de polpa dental. A obtenção dessa polpa do dente de leite é um processo não invasivo. Quando o dente começa a se afrouxar, ele pode ser removido para que sejam coletadas as células-tronco mesenquimais,que são células jovens, em quantidade, e de excelente qualidade, por isso podem ser armazenadas e usadas para um futuro tratamento de doenças degenerativas.

São células 100% compatíveis com o doador e familiares , podendo ser criopreservadas por tempo indeterminado. Sabendo que já existem experimentos testando uma vacina de células -tronco para tratar e controlar o câncer, penso que incluir a Odontologia como um fonte segura de coleta é com certeza um ponto de interesse comum a todos nós.

#canalsemdor #Dentessaudáveis #Endodontia #DraTeresaMiranda

127 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

blog